Portal do Cooperativismo Financeiro Demanda 'robusta' força juro alto, justifica Copom - Portal do Cooperativismo Financeiro

Demanda ‘robusta’ força juro alto, justifica Copom

Ata da reunião do comitê do BC diz que a Selic subiu para tentar deter ‘a concretização de um cenário inflacionário‘ e indica que juros devem subir 0,75 ponto porcentual na próxima reunião

O Comitê de Política Monetária (Copom) deixou claro que está com o foco direcionado em conter o ímpeto da economia brasileira e evitar uma escalada dos preços. Em ata divulgada ontem, a diretoria do Banco Central enxergou nova “deterioração” na inflação.

A piora do quadro, na visão do BC, acontece porque a demanda doméstica está “robusta” e a economia ganha ainda mais velocidade com estímulos fiscais e aumento do crédito. Por isso, a instituição manteve a postura “incisiva” de subir os juros em 0,75 ponto porcentual na última reunião, para 10,25%.

O texto reforça a aposta de que novo aumento idêntico, de 0,75 ponto porcentual, deve acontecer na próxima reunião e deixou claro que, para o Copom, os riscos para a inflação continuam “elevados” mesmo após a retirada de alguns benefícios criados para amenizar os efeitos da crise internacional no fim de 2008.

TRECHOS

“A demanda doméstica se apresenta robusta, em grande parte devido aos efeitos de fatores de estímulo, como o crescimento da renda e expansão do crédito”

“A despeito da reversão de parcela dos estímulos introduzidos durante a crise, desde a última reunião permaneceram elevados os riscos de um cenário inflacionário”

?Fonte: G1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.