Lucro do Bradesco cresce 25% em 2010 e atinge R$ 10,022 bilhões

SÃO PAULO – O Bradesco anunciou lucro líquido contábil de de R$ 10,022 bilhões, aumento de 25,1% ante o ano anterior. O retorno sobre o patrimônio líquido médio ficou em 22,7%.

A expansão do lucro do banco decorre do forte crescimento das operações de crédito, principalmente para pessoas jurídicas, e do mercado de seguros, que respondeu por 29,1% dos ganhos do banco.

A carteira de crédito, incluindo avais e fianças, fechou o quarto trimestre em R$ 274,2 bilhões, evolução de 20,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 98,122 bilhões (crescimento de 19,5% na comparação anual), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram o montante de R$ 176,105 bilhões (crescimento de 20,6%).

O banco encerrou 2010 com ativos totais de R$ 637,485 bilhões, crescimento de 25,9% em relação a 2009. Já o patrimônio líquido ficou em R$ 48,043 bilhões, 15,1% superior ao saldo de dezembro do ano anterior.

No ano de 2010, o lucro líquido ajustado totalizou R$ 9,804 bilhões, apresentando uma evolução de 29,2% ante 2009.

INVESTIMENTOS PARA 2011:

O Bradesco prevê investir R$ 5 bilhões este ano, expansão de 30% ante o ano passado, disse o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi. O foco do banco é o mercado brasileiro e a expansão orgânica, destacou.

A meta do Bradesco é abrir 183 novas agências em 2011, número acima do total de novas unidades inauguradas em 2010, que somaram 174. Além disso vai investir em tecnologia e em uma nova arquitetura de sistemas, para aprimorar o atendimento do banco aos clientes. O Bradesco fechou o ano com 60,2 milhões de clientes.

Fonte: Estadão

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.