União de Cooperativas do Sicredi fortalece as regiões Centro e Sul do Rio Grande do Sul

A tarde de 3 de outubro foi histórica para as cooperativas Sicredi Região Centro, com sede em Santa Maria e Sicredi Vale do Camaquã, com sede em Caçapava do Sul. Os 83 delegados de núcleo reforçaram, na Assembleia Geral Extraordinária conjunta, a decisão unânime dos associados pela união das duas cooperativas. Com esta união, o Sicredi se fortalece no centro e no sul do Estado, garantindo maior crescimento, ampliação da capacidade operacional, ganhos de escala e redução de custos.

O processo de união, iniciado em 5 de setembro de 2011, teve expressiva participação do quadro social das duas regiões, com cerca de 1500 associados. Ao todo, foram realizadas doze assembleias, envolvendo 83 núcleos cooperativos e duas assembleias gerais extraordinárias. Com esta iniciativa, une-se o quadro de associados, o patrimônio, os recursos administrados e os ativos das duas cooperativas.

Na prática, a Sicredi Região Centro terá sua área de atuação estendida para 10 municípios: Santa Maria, São Pedro do Sul, Toropi, Dilermando de Aguiar, Itaara, São Martinho da Serra, Caçapava do Sul, Piratini, Santana da Boa Vista e Lavras do Sul, passando a contar com 12 pontos de atendimento. A cooperativa passará a ter 35 mil associados. Administrará R$ 286 milhões em recursos, R$ 237,4 milhões na carteira de crédito e R$ 52,8 milhões em patrimônio líquido. A união consagrará a Sicredi Região Centro como uma das 10 maiores cooperativas da Central Sicredi Sul, que abrange os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

97 anos de existência

A diretoria da nova Cooperativa, que preserva o nome de Sicredi Região Centro, é composta pelo presidente, Roberto Zorzan, e dois vice-presidentes: Pedro Ubiracy Ferreira e Renato José Marin. Segundo Zorzan, a União é um marco histórico e pioneiro na trajetória da Cooperativa, que completa, neste mês, 97 anos de fundação. “Temos orgulho de realizar a primeira união no Sistema com voto delegado, com áreas descontínuas e no melhor momento de ambas as Cooperativas”, destacou Zorzan

Para o ex-presidente da Sicredi Vale do Camaquã e atual vice-presidente da Região Centro, Pedro Ferreira, a incorporação visa adaptar o Sicredi a um mercado dinâmico e marcado por parcerias. “Esta união vai beneficiar ainda mais os associados; aumentar a capacidade de negócios; e alavancar o desenvolvimento das atividades”, concluiu Ferreira. Segundo a diretoria, o Sicredi, com este processo, deverá ampliar a capacidade operacional; ganhos de escala; e reduzir custos. “A união consagrará a Sicredi Região Centro como uma das 10 maiores Cooperativas da Central Sicredi Sul, que abrange os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina”, apontou o presidente.

Durante o encontro se fez presente Orlando Borges Müller, presidente da Central Sicredi Sul, para reiterar a importância histórica dessa união. Conforme Orlando, é característica do Sicredi fazer todo o possível para agregar ao máximo para os seus associados e procurar sempre melhorar as condições de prestação de serviços e atendimento das necessidades do sócio. “Temos que parabenizar as cooperativas por se anteciparem nesta importante decisão de se unir e, sobretudo, por estarem alinhadas a uma tendência de futuro que, através de uma maior escala, vem a aumentar a competitividade e trazer melhorias para o quadro social, reafirmando a missão do Sicredi como parceiro no desenvolvimento das comunidades”, concluiu Orlando.

Conheça o Sicredi

O Sicredi reúne 119 cooperativas de crédito em 10 Estados brasileiros* – 881 municípios. O Sistema conta com 1,137mil unidades de atendimento; 1,9 milhão de associados; e é  a sétima instituição financeira no Brasil em número de pontos de atendimento. Os ativos totais administrados pela instituição registraram uma evolução de aproximadamente 29% e atingiram R$ 23,8 bilhões, entre os meses de agosto de 2010 e 2011. O patrimônio líquido total cresceu, no mesmo período, 30%, somando R$ 3,3 bilhões.

Nos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, entre os meses de agosto de 2010 e de 2011, o Sicredi registrou crescimento de 25,8% nos ativos totais administrados em comparação ao ano anterior, atingindo R$ 13,1 bilhões. O patrimônio líquido evoluiu 24,6% neste período, somando R$ 1,8 bilhões.

A Central Sicredi Sul reúne ­­­­­54 cooperativas e 583 pontos de atendimento em 478 municípios gaúchos e catarinenses. No Rio Grande do Sul, o Sicredi está presente em 88% dos municípios e é a instituição financeira com a maior rede de atendimento do Estado.

Fonte: Sicredi Região Centro

1 Comentário em União de Cooperativas do Sicredi fortalece as regiões Centro e Sul do Rio Grande do Sul

  1. O Movimento de incorporação de Cooperativas de Crédito contin ua avançando em todo o País. É o amadurecimento do cooperativismo de crédito. No Pará, de forma pioneira, a Sicoob Cooesa, que associa servidores públicos civis, acaba de incorporar a Sicoob Coomipa, que associava servidores da Polícia Militar. Com isso, o movimento cooperativista no Pará tenda recuperar o tempo perdido e avançar de forma mais célere rumo ao desenvolvimento.
    Parabéns a esta publicação por dar ampla cobertura a esse movimento!
    Augusto Gambôa – Presidente da Sicoob Cooesa

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.