Portal do Cooperativismo Financeiro Notícias do Congresso do Woccu, na Polônia - Portal do Cooperativismo Financeiro

Notícias do Congresso do Woccu, na Polônia

2º dia do Congresso

Manfred Dasembrock
Manfred Dasembrock

No dia 16/07/12 a comitiva de 60 pessoas do Sicredi, presentes no Congresso Mundial do Woccu (Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito), que está ocorrendo na Polônia, teve a oportunidade de acompanhar várias palestras. Na parte da manhã o grande destaque foi a palestra que deve como tema: Diferenciação – Separando Cooperativas de Crédito do grupo competitivo, ministrado por, Youngme Moon, professora da Universidade de Harvard, EUA. O foco principal da palestra foi “O que significa ser diferente para o mercado?“.

A palestrante apresentou dados de um estudo realizado por ela com empresas de grande, médio e pequeno tamanho nos EUA, revelando importantes dados como o que mostrou que 99% dos empresários afirmam que suas empresas são diferenciadas. Outro fator determinante para ser uma empresa diferenciada é que a organização precisa ter foco em seus principais atributos. “Muitas cooperativas buscam ser tudo para todos, e não conseguem se diferenciar no mercado de instituições financeiras”, explica Youngme.

O estudo realizado por Youngme Moon esclareceu que não existe uma receita para ser uma cooperativa diferenciada, cada instituição encontra a sua própria formula para desenvolver uma marca diferenciada, e que o principal atributo apresentado pelas empresas pesquisadas foi que não existe diferenciação se não existir paixão pelo trabalho.

“O grande segredo da receita é ter pessoas com paixão pelos trabalhos realizados.” Youngme Moon

A programação continuou na parte da tarde com destaque para a plenária de debates que teve como mediador o Sr. Manfred Dasenbrock e como palestrante o executivo do Banco cooperativo Sicredi, João Tavares. O executivo discursou sobre Globalizando Regulações – Basiléia III e seus impactos nas Cooperativas de Crédito.

Tavares apresentou quais as principais mudanças nas novas recomendações e qual o verdadeiro impacto destas mudanças para as cooperativas do Sistema Sicredi. Ele ainda destacou que as novas regulamentações qualificam a exigência de capital, e a grande preocupação era que a conta capital do sócios não seja consideradas parte do patrimônio, como já acontece em outros países. O palestrante ressaltou que o Banco Central do Brasil considera a conta capital como parte do patrimônio das cooperativas.

“A evolução das recomendações de Basiléia III demonstram que as cooperativas do Sicredi estão no caminho certo porque já estamos preparados para as mudanças”. João Tavares

No final do dia aconteceu a Assembleia Geral Anual do WOCCU, que atualmente conta com a participação de 67 países membros, e o Brasil possui um representante do sistema Sicredi, o presidente da Central Sicredi PR/SP e Sicredi Participações, Sr. Manfred Alfonso Dasenbrock. Na noite do dia 16, o Sr. Manfred foi reeleito para o conselho de administração do WOCCU. No seu primeiro mandando o representante do Brasil destacou a evolução da participação do Brasil nos últimos anos. “Para mim foi importante para conhecer a cultura da organização e entender como funciona a atuação do conselho de administração”, conta.

Desanbrock também destacou a representação o Sicredi no grupo de jovens (WYCUP), que em 2011 na Escócia teve um participante, o assessor de comunicação da Central Sicredi PR/SP, André Assis, e que em 2012 apresentou dois cases das cooperativas do sistema. No grupo de mulheres (Global Women’s), a participação do Sicredi também evoluiu nos últimos anos, além de outros projetos que iniciaram com a intermediação da WOCCU, como o intercambio de executivos com a liga do Texas. Para o próximo mandado o presidente diz que o objetivo principal é fortalecer os diversos projetos iniciados e realizar a Conferencia Mundial da WOCCU no Brasil.

“O Sicredi está chamando a atenção do mundo, por ter um sistema organizado, que possui uma marca única e por ser um exemplo de credibilidade”. Manfred Alfonso Dasenbrock

3º dia do Congresso

No terceiro dia do Congresso do Woccu (17/07), realizado no Polish Baltic Philhamonic em Gdansk ocorreu a palestra magna que abordou o seguinte tema: Ponto e Contraponto – Encontrando equilíbrio regulatório na era da padronização internacional, um diálogo entre reguladores e representantes do mercado.

O objetivo principal da palestra era demonstrar como uma rede de reguladores pode compartilhar melhores práticas da área. O WOCCU incentiva o aprendizado colaborativo realizado entre as cooperativas de crédito de todo o mundo, ações de intercambio de informações que podem ajudar a eliminar o retrabalho e em conjunto as cooperativas conquistam maior espaço e acesso aos políticos que determinam as regras.

Na sequência os participantes assistiram a duas palestras, uma delas ministrada por: Heather Townsend, palestrante e consultor da The Excedia Group Ltd, Inglaterra. O palestrante citou o Sicredi como exemplo de como administrar as mídias sociais. O Sicredi foi citado pela construção e administração da pagina no facebook.

Na outra palestra, do Sr. Mark Degotardi, Executivo, Abacus – Australian Mutuals, da Austrália, o Sicredi também foi citado como exemplo por atuar com sistema de cooperativas com a mesma marca, atuação esta que foi proposta para que outros sistemas de cooperativas de crédito adotem o mesmo modelo.

Fonte: Sicredi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.