Portal do Cooperativismo Financeiro Sicredi projeta R$ 6,2 bilhões em crédito rural para o Plano Safra 2012/2013 - Portal do Cooperativismo Financeiro

Sicredi projeta R$ 6,2 bilhões em crédito rural para o Plano Safra 2012/2013

O Sistema de Cooperativas de Crédito, Sicredi, é a quarta instituição financeira do Brasil que mais libera recursos para o Plano Safra. O Sistema projeta a liberação de R$ 6,2 bilhões para a sua plataforma nacional de associados, que compreende dez estados brasileiros.

O Governo Federal anunciou na semana passada aumento de 7,5% no total de recursos para o Plano Agrícola e Pecuário 2012/2013. Serão mais de R$ 115,25 bilhões, para a agricultura comercial. Deste total, R$ 86,95 bilhões são para custeio e comercialização e R$ 28,30 bilhões para investimento.

Juros mais baixos – As taxas de juros de crédito rural para a safra 2012/13 foram reduzidas em relação a safra 2011/12.

PRONAMP – Para o Programa nacional de apoio ao médio produtor rural, volume de recursos aumentou de R$ 8,31 para R$ 11,15 bilhões, acréscimo de 34%.

Programas de investimento – Houve aumento também no montante de recursos ofertados para programas de investimento na safra 2012/13 é de R$ 28,3 bilhões, com aumento de 4,8% em relação à safra 2011/12.

Limite de Financiamento – O limite de custeio ao amparo de recursos controlados para cada tomador em cada safra e em todo o SNCR passa de R$ 650 mil para R$ 800 mil. O limite de comercialização ao amparo de recursos controlados para cada tomador passa de R$ 1,3 milhão para R$ 1,6 milhão.

Entre os pontos positivos, vale ressaltar:

  1. Redução das taxas de juros de crédito rural.
  2. Aumento da cobertura do Proagro de R$ 150 mil para R$ 300 mil por safra.
  3. Aumento da renda bruta para enquadramento dos produtores – Pronamp – passando de R$ 700 para R$ 800 mil por produtor, bem como o limite de financiamento de custeio por produtor de R$ 400 para R$ 500 mil por produtor.
  4. Aumento dos recursos do Programa ABC – agricultura de baixo de carbono passando de R$ 3,15 para R$ 3,4 bilhões.
  5. Aumento do limite de financiamento de custeio por produtor de R$ 650 mil para R$ 800 mi por safra.

Fonte: Umuarama Ilustrado

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.