Portal do Cooperativismo Financeiro Educação Financeira, Transparência e Proteção ao Usuário de Serviços Financeiros, assunto abordado no IV Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira - Portal do Cooperativismo Financeiro

Educação Financeira, Transparência e Proteção ao Usuário de Serviços Financeiros, assunto abordado no IV Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira

Porto Alegre/RS – Finalizando o segundo dia do Fórum sobre Inclusão Financeira, o Diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania, Sr. Luiz Edson Feltrim abordou a criação da área de relacionamento institucional e cidadania, incumbida de diminuir a assimetria de informações dos usuários de serviços financeiros, aumentando a transparência e o nível de informações nas transações financeiras.

O primeiro painelista foi o Sr. Murilo Portugal, Presidente da Associação de Educação Financeira, abordando sobre o importante papel do crédito para o crescimento do país e também da população, desde que haja conhecimento, por parte das famílias, acerca da educação financeira. Mencionou o grande crescimento da relação crédito X PIB nos últimos anos, tendo saído de 26% em 2004, para atuais 51%. Referiu da importância de incluir-se o tema Educação Financeira nas salas de aulas, para crianças e jovens, e também com beneficiados do bolsa família e beneficiários do INSS com renda de até 2 salários mínimos, públicos estes que são o foco da Associação à qual ele representa.

Portugal mencinou também o trabalho de educação financeira desenvolvido pela Febraban, principalmente através do site e projeto Meu Bolso Em Dia (www.meubolsoemdia.com.br).

O segundo painelista foi o Sr. Danilo Doneda, representando a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, que abordou a mudança do paradigma “produto X preço” para “produto X crédito X compra”, tornando mais complexas as relações de mercado, principalmente que levamos em conta o fato do consumidor estar mais preocupado com o valor da parcela, do que com o valor total da compra.

O terceiro painelista, Sr. Gustavo Baptista, abordou a educação financeira do ponto de vista do Programa Bolsa Família, que atende 13,7 milhões de famílias no país, com orçamento de R$ 19 bilhões em 2012, com 56% dos benéficios pagos através de lotéricas e apenas 20% através de crédito em conta. O valor médio dos benefícios é de R$ 136,00. Segundo o Sr. Gustavo o objetivo é o de abordar com este público assuntos relacionados a Educação e Planejamento Financeiro, principalmente sobre consumo, direitos e deveres do consumidor e acesso a produtos do mercado financeiro.

Como última painelista, a Sra. Valquiria Quixadá, da Procuradoria Regional da República, abordou acerca dó histórico da proteção ao consumidor e do trabalho conjunto com o BACEN.

9 Comentários em Educação Financeira, Transparência e Proteção ao Usuário de Serviços Financeiros, assunto abordado no IV Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.