Sicredi e Sescoop promovem encontro com educadores

Evento apresentou resultados dos projetos Cooperjovem, do Sescoop e A União Faz a Vida, do Sicredi

Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para sua própria produção ou na sua construção“. Com essa frase de Paulo Freire, teve início o Encontro Interestadual PR/SP dos Programas Cooperjovem e A União Faz a Vida, realizado nos dias 25 e 26 de outubro no auditório do Cietep, em Curitiba.

O objetivo do encontro foi apresentar os resultados de ações, projetos e promover a troca de experiências entre os profissionais que atuam com os programas Cooperjovem, coordenado pelo Sescoop/PR, e A União Faz a Vida, do Sicredi. Ambos têm como finalidade o desenvolvimento e a promoção do cooperativismo e da cidadania, e abrangem estudantes do ensino fundamental das escolas municipais.

O evento, marcado por grandes comemorações, teve como mestres de cerimônia as crianças Maria Eduarda Lima, de Foz do Iguaçu (PR), e Gabriel Gonçalves, de Contenda (PR), alunos do 4º ano e integrantes dos programas Cooperjovem e A União Faz a Vida, respectivamente. Estavam presentes no evento o presidente da Central Sicredi PR/SP e Sicredi Participações, Manfred Dasenbrock, presidente do Sistema Ocepar e do Sescoop/PR, João Paulo Koslovski, representante da Sescoop Nacional, Maurício Cordeiro Alves, e a coordenadora de integração de programas e projetos da Secretaria de Estado da Educação (SEED), Juara Ferreira. Além deles, educadores, secretários de educação, coordenadores e presidentes das cooperativas que atuam nos programas também participaram do encontro.

Dasenbrock destacou a importância de colher os frutos do programa A União Faz a Vida, principalmente agora no Ano Internacional das Cooperativas, e falou sobre a sustentabilidade aplicada. O presidente afirmou que 70% dos projetos realizados têm apelos sustentáveis, incluindo os materiais utilizados nas atividades, “quanto a responsabilidade social, o Sicredi optou pela educação por acreditar que, pela educação mudamos a realidade” afirmou o presidente.

Formar grandes líderes capacitados para a vida é o principal objetivo dos programas, segundo o presidente do Sistema Ocepar e Sescoop/PR, João Paulo Koslovski. “Ajudamos na construção de um mundo melhor, e o cooperativismo agradece por participar da formação de grandes pessoas”, destaca. Para ele, é importante pensar na inserção do cooperativismo como matéria escolar, para auxiliar na educação cooperativista.

O primeiro dia do evento foi finalizado com apresentação da Orquestra CWBrass, mesclada com uma esquete sobre o Ano Internacional das cooperativas – que são baseadas na inovação, diferenciação e experiência. “Essas as fórmulas para uma boa união”, explica Dasenbrock.

 

Lançamento e premiações

Durante o encontro foi lançada a 3ª edição da Revista Vida Corporativa, com um balanço dos projetos realizados pelas comunidades escolares durante o ano. A revista foi disponibilizada em duas versões: a completa, com 604 páginas, e no formato eletrônico, com 12 páginas.

Além do lançamento da publicação, alunos foram premiados com o 6º Prêmio Nacional de Redação do Programa Cooperjovem, que recebeu redações com o assunto “Cooperativas que constroem um mundo melhor”. Professores também foram lembrados com o 5º Prêmio Professor Cooperjovem, que tinha como tema “As ações que fazem a diferença”.

A Central Sicredi PR/SP também reconheceu as cooperativas Sicredi Norte Sul PR/SP que foi agraciada pela segunda vez com o Prêmio de Responsabilidade Social da Faciap e a Sicredi União PR e Sicredi Terceiro Planalto PR pela conquista do Selo de Desenvolvimento dos Objetivos do Milênio (ODM) do Movimento Nós Podemos Paraná.

 

Programação

O segundo dia do evento foi marcado pelo entusiasmo dos participantes que puderam verificar o resultado da ação cooperativa conjunta realizada em comemoração ao Ano Internacional das Cooperativas e participar de palestras com Moacir Gadotti e Fernanda Sobreira. Debates com perspectivas para o futuro e semelhanças entre as duas iniciativas também foram detalhes apontados por professores da USP, Ricardo Casco e Flávio Boleiz Jr. “Os dois programas têm em comum os valores, os princípios e a filosofia cooperativa. Além de estímulo ao empreendedorismo e troca de vivências”, apontou o presidente da Central Sicredi PR/SP.

“Educar para a sustentabilidade, porque só tem vida longa aqueles que cuidam do mundo”, ressaltou a psicopedagoga Fernanda Sobreira, que encerrou o evento enaltecendo o trabalho que os educadores estão desenvolvendo.

 

Sobre a Central Sicredi PR/SP

Atualmente, 39 cooperativas fazem parte da Central Sicredi PR/SP, totalizando mais de 400 unidades de atendimento, 534 mil associados e R$ 7,1 bilhões em ativos totais. O lucro obtido nas operações é devolvido ao capital social dos associados, seguindo o modelo de atuação do Sicredi, no qual as sobras são divididas entre os cooperados.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é um sistema composto por 113 cooperativas de crédito, integradas horizontal e verticalmente. A integração horizontal representa a rede de atendimento (mais de 1.100 pontos), distribuída em 10 Estados* – 905 municípios. No processo de integração vertical, as cooperativas estão organizadas em quatro Cooperativas Centrais, uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo, que controla as empresas específicas que atuam na distribuição de seguros, administração de cartões e de consórcios. Mais informações no site sicredi.com.br.

* Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás.

Fonte: Sicredi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.