Portal do Cooperativismo Financeiro Cooperativas do Sistema CECRED agora somam 300 mil cooperados - Portal do Cooperativismo Financeiro

Cooperativas do Sistema CECRED agora somam 300 mil cooperados

Planejamento Estratégico do Sistema, formado por 15 cooperativas de crédito de SC e PR, prevê crescimento de 30% ao ano até 2017

O Sistema CECRED registrou nesta semana, a conquista de 300 mil cooperados e R$ 2 bilhões em ativos totais, justamente quando coloca em prática o novo Planejamento Estratégico 2013-2017, prevendo manter o crescimento médio anual de 30%.

O Sistema integra a Central CECRED (Cooperativa Central de Crédito Urbano) e 15 cooperativas de crédito de Santa Catarina e Paraná. Até o final de abril as cooperativas do Sistema irão distribuir aos seus cooperados R$ 59 milhões referentes ao saldo positivo de 2012.

 

Consolidação

A marca de 300 mil cooperados e R$ 2 bilhões em ativos consolida o crescimento contínuo e sustentável do Sistema, contribuindo para fortalecer o cooperativismo nas regiões onde suas cooperativas estão presentes. Em 2012, quando o Sistema CECRED completou 10 anos, duas novas cooperativas filiaram-se: a Viacredi Alto Vale (com sede em Ibirama/SC) e a Credimilsul (cooperativa de Porto União/SC).

Pelas projeções do novo Planejamento Estratégico, definido em conjunto com as cooperativas filiadas, até 2017 o Sistema CECRED deverá contar com mais de 800 mil cooperados e cerca de R$ 9 bilhões em ativos. As previsões de crescimento representam a evolução do Sistema, que nos últimos anos tem registrado uma média de crescimento expressiva.

 

Segurança

A Central CECRED é responsável por apoiar o desenvolvimento e a integração das cooperativas filiadas, garantindo o cumprimento da legislação, dos normativos internos e do Banco Central.

Com experiência de mais de 60 anos no cooperativismo de crédito, sempre valorizando o modelo participativo e a gestão democrática, a CECRED oferece diferenciais de segurança. Sob sua supervisão, as cooperativas filiadas contam com o FGCECRED, Fundo Garantidor de Depósitos administrado pela Central, que representa uma garantia a mais para depósitos em conta corrente e aplicações dos cooperados.

Com um modelo único de Central, criada estrategicamente para garantir maior eficácia e ganho de escala nos serviços oferecidos aos cooperados e à comunidade, agrega funções de banco cooperativo, confederação e Central, em uma única estrutura.

 

Papel social

O presidente da CECRED, Moacir Krambeck, ressalta que o Sistema está em crescimento constante, porém, sem perder o foco no desenvolvimento socioeconômico das comunidades, levando o modelo do cooperativismo de crédito a lugares que, por vezes, nem contavam com a presença de outra instituição financeira.

As cooperativas do Sistema se preocupam com a inclusão financeira de seus cooperados, disponibilizando produtos e serviços mais adequados à sua realidade. O acesso ao crédito e à poupança é facilitado, mesmo para valores reduzidos. Programas de orientação a empreendedores e pessoas físicas são mantidos pelas cooperativas, com o objetivo de estimular o consumo consciente e a formalização de negócios locais.

A economia gerada pelos custos mais baixos das operações financeiras nas cooperativas contribui para o desenvolvimento das comunidades onde elas estão inseridas (ou de seus segmentos de atuação), favorecendo a movimentação dos recursos e incentivando a geração de novos negócios e empregos. O Resultado Social-Econômico de 2012 do Sistema CECRED demonstra que a economia em 2012 foi superior a R$ 273 milhões. Este resultado é calculado com base nas sobras das cooperativas e na economia que os cooperados obtiveram ao realizar suas operações nas cooperativas ao invés do sistema bancário.

 

Cooperativas do Sistema CECRED:

Fonte: Cecred

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.