Para Luis Nassif, cooperativismo precisa aprimorar suas redes

Para Luis Nassif, cooperativismo precisa aprimorar suas redes. O cooperativismo brasileiro está na fase da consolidação e diversificação e vai entrar agora na fase da sofisticação, ampliando suas interconexões de sistemas nacionais e até internacionais, o que inclui fusões, incorporações e parcerias estratégicas.

Essa opinião foi expressa pelo jornalista Luis Nassif, convidado a palestrar no evento comemorativo dos 12 anos da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Goiânia e Região (Sicoob Engecred-GO) na última quarta-feira (25), em Goiânia.

O evento foi realizado em um café da manhã no hotel Castro´s com participação de cerca de 200 pessoas, entre cooperados, colaboradores e convidados da cooperativa. A palestra de Nassif foi seguida de debate mediado pela editora-chefe do jornal O Popular, Cileide Alves, com participação de Melchior Duarte, presidente da federação das CDL´s de Goiás, e do empresário Célio de Oliveira, conselheiro do Sicoob Engecred. Luis Nassif, experiente jornalista de economia, discorreu sobre o cenário político e econômico recente do país enfatizando o potencial das cooperativas de crédito.

Sempre fazendo analogia com sistemas de rede (na mídia, no mercado financeiro e na economia de um modo geral), Nassif disse que a pavimentação do crescimento do cooperativismo de crédito já está pronta, restando agora maior dinamismo das sociedades cooperativas.

“O BC [Banco Central] reduziu os riscos do cooperativismo de crédito e o próprio setor criou compartilhamentos de serviços para ganho de escala e isso precisa agora se aprofundar”, afirmou o jornalista.

Na área de política econômica, Nassif acha que a economia “está pior do que a Dilma acha e melhor do que a mídia diz” e ele não vê riscos para os principais fundamentos econômicos, como câmbio, inflação, mas diz que o perigo pode estar na balança comercial do país, que vê crescer constantemente suas importações, o que enfraquece a indústria. Na abertura, o presidente do Sicoob Engecred, Luís Alberto Pereira, citou alguns números da cooperativa e disse que “crescer com prudência” sempre foi uma preocupação da diretoria. “Por isso, queremos sempre entender o cenário em que estamos, daí a realização de um evento como este, ao invés de fazermos uma festa para comemorar os 12 anos da cooperativa”, afirmou Pereira. O Sicoob Engrecred possui atualmente cerca de 2,8 mil cooperados, R$ 250 milhões em ativos totais, R$ 150 milhões em depósitos e deve fechar o ano com sobras de R$ 20 milhões.

Fonte: OCB/GO em 30/09/2013

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.