Portal do Cooperativismo Financeiro Sicredi recebe em Curitiba Reunião Anual das Cooperativas de Crédito da América Latina - Portal do Cooperativismo Financeiro

Sicredi recebe em Curitiba Reunião Anual das Cooperativas de Crédito da América Latina

Representantes de Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai e Alemanha estiveram em Curitiba para trocar experiências sobre as cooperativas

Representantes do cooperativismo de crédito da Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai, Uruguai e Alemanha participaram da reunião de gerentes das cooperativas de crédito do Cone Sul, promovido pelo Sicredi e pela DGRV (Confederação Alemã de Cooperativas). O encontro ocorreu na última semana e teve o objetivo de trocar experiências entre as cooperativas dos países. “Nós prezamos por esse intercâmbio, pela troca de conhecimento e de experiências”, afirma Adilson Félix de Sá, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP.

De acordo com Oliver Thomas, diretor da DGRV para a América do Sul, o encontro, que ocorreu entre os dias 16 e 18 de outubro, pode ser considerado um sucesso, pois permitiu aos países da América Latina conhecerem a experiência bem-sucedida do Brasil com o cooperativismo – considerado um dos países mais avançados do mundo nesse quesito. “Esse intercâmbio de informações e experiências tem valor muito grande para os participantes. Isso fortalece as estruturas dessas cooperativas”, afirma Thomas.

Entre os destaques do seminário, que contou com diversas palestras, estão o sistema de CRM (Costumer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) implantado pelo Sicredi, seu modelo de remuneração, e a valorização do talento humano. “O projeto de CRM do Sicredi pode ser adotado em vários outros países, pois foi discutido a fundo sua implantação e funcionamento”, avalia Thomas.

O gerente de projetos da Central Sicredi, Jeferson Coser, revela que a instituição usa o software mais completo voltado a esse objetivo, agregando as mais variadas funções. Segundo ele, o CRM tem facilitado muito o trabalho, principalmente no que diz respeito ao acompanhamento das atividades dos colaboradores e dos associados. “O CRM nos permite ter uma visão 360° das operações e serviços”, completa.

Na avaliação de Sá, embora os países tenham vindo conhecer o modelo cooperativista brasileiro, que hoje encontra-se regulamentado através de uma Lei própria para as cooperativas de crédito, a integração entre as cooperativas é um objetivo do DGRV. “Mesmo com diferenças de história, tamanho e principalmente de regulação em seus países, em nossas discussões, identificamos os desafios, trocamos ideias e propomos ações que contribuem para o fortalecimento das cooperativas de crédito na América do Sul”, diz.

A lição que pode ser percebida pelo Sicredi está no relacionamento com os seus associados. “Quando se cresce muito, corre-se o risco de se distanciar dos sócios e a troca de experiências com essas cooperativas contribui para mantermos o foco na proximidade e desenvolvimento de nossos sócios e comunidade“, avalia. A instituição tenta manter essa proximidade por meio dos programas “Crescer” e “Pertencer”, que objetivam instruir os associados sobre o funcionamento do Sicredi disseminando os valores do cooperativismo. “Nossa ideia é formar o associado como cooperativista”, explica.

Programas Sociais

O Programa “A União faz a Vida” foi apresentado pela coordenadora de programas sociais da Central Sicredi PR/SP, Rejane Freitas. Voltado à responsabilidade social, o programa busca incorporar a educação cooperativa ao dia a dia das salas de aula. O mascote, uma abelha, representa o cooperativismo e chama a atenção das crianças, foco da iniciativa. “Buscamos desenvolver projetos educativos de impacto na comunidade, ao lado das crianças. Nosso trabalho é a soma da colaboração dos gestores do Sicredi, parceiros, da assessoria pedagógica e dos apoiadores”, relata Rejane.

Para os representantes da DGRV, as iniciativas sociais do Sicredi são um exemplo a ser seguido em razão dos resultados alcançados, pois beneficiam a comunidade como um todo. Por meio do programa, comunidades do interior do Estado receberam melhorias, como a revitalização de locais abandonados e o ensino da reciclagem.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 2,4 milhões de associados e 1.232 pontos de atendimento, em 10 Estados* do País. Organizado em um sistema com padrão operacional único conta com 107 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em quatro Centrais Regionais – acionistas da Sicredi Participações S.A. – uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo que controla uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios. Mais informações no site sicredi.com.br.

*Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás.

1 Comentário em Sicredi recebe em Curitiba Reunião Anual das Cooperativas de Crédito da América Latina

  1. Tenho orgulho de pertencer ao sistema Sicredi e, de ter sido um dos fundadores da Sicredi Caxias, hoje Sicredi Pioneira, cujo trabalho serve para nortear as ações do sistema e ajuda a tornar grande e importante o cooperativismo de crédito do Brasil.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.