Sicredi soma R$ 20,6 bilhões em ativos nos mercados gaúcho e catarinense

O Sicredi RS/SC registrou crescimento de 23% no volume de ativos administrados, comparado com os últimos 12 meses, ultrapassando os R$ 20,6 bilhões e representando a ampliação da participação nos municípios que o Sicredi atua. Conforme Orlando Borges Müller, presidente da Central Sicredi Sul, este resultado representa que as cooperativas conseguiram atingir seus objetivos. Ele diz que a expansão foi alicerçada pelo crescimento de três importantes indicadores: a participação no volume de depósitos que cresceu 22,03%, alcançando R$ 11,7 bilhões; a captação de recursos em Caderneta de Poupança que superou os R$ 1,97 bilhão, o que representa um crescimento de 29,59%; e foi verificado um aumento de 21,9% na participação de concessão de Crédito Rural. A participação de mercado de Depósitos das cooperativas do RS ficou em 13,35% e as de SC em 2,27%, conforme último relatório divulgado pelo Bacen em set/2103.

De acordo com Müller, as estratégias de ampliar a atuação das cooperativas no setor agropecuário foram um dos pilares que consolidou este crescimento. “Na última pesquisa do Banco Central, o Sicredi ocupa o terceiro lugar como instituição financeira no país em atuação no agronegócio”, ressalta Müller. O dirigente explica que este posicionamento no mercado é resultado ao alinhamento das cooperativas à evolução da gestão e governança. “Nossas cooperativas renovaram suas posturas, buscando eficiência constante e a consolidação de um modelo cooperativo e sustentável com viés de perenidade”, afirmou Müller.

O crescimento alcançado pelo Sicredi em 2013 repercutiu o momento econômico dos mercados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que tiveram uma atividade positiva registrado nos setores da produção industrial, do comércio e de serviços. “Tantos resultados positivos representaram para as nossas cooperativas a inserção de mais associados e a oportunidade de novos negócios em todos os segmentos da economia”, lembra Müller.

O patrimônio líquido cresceu 19,22%, computando mais de R$ 2,8 bilhões. Em 2013, foram inauguradas 13 novas Unidades de Atendimento e foi desenvolvida a união de dez cooperativas que resultaram no fortalecimento das regiões de Marau, de Ijuí, Pampa Gaúcho e do Centro do RS e da Grande Florianópolis em SC. “Estas uniões representam melhores serviços aos nossos associados e o estabelecimento de uma relação mais direta com os mercados dessas cooperativas”, salienta Müller.

O presidente da Central Sicredi Sul, Orlando Borges Müller, afirma que as 45 cooperativas gaúchas e catarinenses trabalham de acordo com as necessidades das comunidades onde o Sicredi atua. Nesses estados foi registrado um incremento total de 103.100 novos associados em 2013, somando uma base de 1.456.340 de associados e um crescimento real de 7,6% sobre igual período de 2012. “Este incremento se deve, principalmente, ao posicionamento estratégico das nossas cooperativas em ter uma maior inserção nas comunidades em que atuamos e de focar na capacitação e profissionalização dos colaboradores. Dentre as principais estratégias, está na atuação alicerçada no crédito como um instrumento de fomento e desenvolvimento das atividades econômicas dos nossos associados”, explica Müller.

Sobre o Sicredi – Com mais de 2,5 milhões de associados, o Sistema de Crédito Cooperativo – Sicredi opera com 100 cooperativas de crédito em 11 Estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia, Goiás e Rio de Janeiro) – e mais de 1.249 mil pontos de atendimento. As cooperativas estão organizadas em quatro Centrais, uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo. A Central Sicredi Sul reúne 45 cooperativas e 610 pontos de atendimento em municípios gaúchos e catarinenses. No Rio Grande do Sul, o Sistema está presente em 88,93% dos municípios e é a instituição financeira com a maior rede de atendimento do Estado. Os ativos totais administrados pelo Sicredi atingem R$ 40,2 bilhões, e o patrimônio líquido total soma R$ 5,1 bilhões. Nos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, a instituição atinge cerca de R$ 20,6 bilhões em ativos, enquanto que o patrimônio líquido soma mais de R$ 2,8 bilhões.

Fonte: Sicredi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.