Portal do Cooperativismo Financeiro Sicoob deve liberar R$ 6 bilhões para safra 2014/2015 - Portal do Cooperativismo Financeiro

Sicoob deve liberar R$ 6 bilhões para safra 2014/2015

Brasília, 27 agosto de 2014 – O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) prevê liberar R$ 6 bilhões em crédito rural para seus cooperados produtores rurais. Os recursos são oriundos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) para a safra 2014/2015, do Governo Federal. Desse montante, em torno de R$ 4 bilhões está orçado para custeio, R$ 1,6 bilhão para investimento e R$ 400 milhões para comercialização.
De acordo com Raphael Silva de Santana, gerente de Agronegócios do Bancoob, instituição financeira provedora do crédito rural para as cooperativas do Sicoob, a expectativa para esse ano safra é positiva, apesar dos problemas enfrentados em algumas regiões com clima e no cultivo de determinadas culturas. “Esperamos ter novamente um ano de crescimento de negócios com o mesmo ritmo apresentado nas últimas safras”. Nos últimos 5 anos, o Sicoob disponibilizou R$ 18,7 bilhões em recursos para crédito rural diz.

Segundo o gerente, a demanda de investimentos tem como fontes recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com R$ 420 milhões; R$ 40 Milhões do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), R$ 500 milhões de Recursos Próprios, R$ 340 milhões do Funcafé e os demais valores oriundos do Depósito Interfinanceiro Vinculado ao Crédito Rural (DIR) e da Poupança Rural. “A manutenção do crédito em municípios onde já estamos consolidados e a expansão em locais onde há espaço para crescimento contribuem para o incremento da oferta de crédito rural”, completa.

Sobre o Sicoob
O Sicoob é o maior sistema financeiro cooperativo do país com mais de 2,7 milhões de associados, 2,2 mil pontos de atendimento, distribuídos em 25 estados e no Distrito Federal. É composto por cooperativas financeiras e empresas de apoio, que em conjunto oferecem aos associados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outros. Ou seja, tem todos os produtos e serviços bancários, mas não é banco. É uma cooperativa financeira, onde os clientes são os donos e por isso os resultados financeiros são divididos entre os cooperados.

Fonte: Sicoob

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.