Portal do Cooperativismo Financeiro Você sabe o que são instituições financeiras cooperativas? – Portal do Cooperativismo Financeiro

Você sabe o que são instituições financeiras cooperativas?

As Instituições Financeiras Cooperativas no Brasil estão organizadas em Sistemas de Cooperativas de Crédito, compostos por Cooperativas de 1º Grau, que são as Singulares; Cooperativas de 2º Grau, que são as Centrais e de 3º Grau, que são as Confederações; mais os Bancos Cooperativos, tendo como exemplos o BANCOOB, que é o Banco das Cooperativas de Crédito do Sistema SICOOB e o Banco Cooperativo Sicredi S.A., que é o Banco das Cooperativas de Crédito do Sistema SICREDI. Podemos destacar ainda, os Sistemas CECRED, UNICRED, UNIPRIME e CRESOL/CONFESOL.

As Cooperativas de Crédito fazem parte do SFN – Sistema Financeiro Nacional, são normatizadas pelo CMN – Conselho Monetário Nacional e fiscalizadas pelo BACEN – Banco Central do Brasil. São Instituições Financeiras sem fins lucrativos, que oferecem Produtos e Serviços Financeiros similares aos dos Bancos, porém, com custos reduzidos e atendimento diferenciado, tendo em vista sua natureza cooperativa, onde seus usuários não são apenas clientes, mas são também donos do negócio.

Dentre as particularidades das Cooperativas de Crédito, podemos destacar as seguintes:

  • Os clientes são donos e usuários da Instituição Financeira, participando da administração e também dos resultados, que retornam para os associados proporcionalmente às operações e movimentações realizadas, sendo que sua participação é assegurada através das Assembleias Gerais, realizadas anualmente, até o quarto mês subsequente ao encerramento do Balanço do Exercício;
  • As Cooperativas de Crédito oferecem os mesmos produtos e serviços do Sistema Bancário tradicional, porém, com custos menores e personalizados de acordo com a realidade dos associados;
  • As Cooperativas contribuem para o Desenvolvimento Local das comunidades e regiões onde estão inseridas, pois os recursos captados são reaplicados em empréstimos e investimentos, objetivando o desenvolvimento local sustentável;
  • O atendimento é diferenciado, tendo em vista que os clientes são os legítimos donos da Instituição, tendo logicamente, direitos e também deveres, tendo como objetivo principal o benefício coletivo e não apenas individual;
  • O Cooperativismo de Crédito possui como principais valores a cooperação, desenvolvimento sustentável, educação cooperativa, participação e gestão democrática pelos associados, interesse pelas pessoas, pela comunidade e pelo meio ambiente. O capital é colocado a serviço das pessoas, promovendo assim, o equilíbrio nas relações Capital x Trabalho;
  • A prática do Desenvolvimento Sustentável compreende investimentos em projetos que sejameconomicamente viáveis, ambientalmente corretos e socialmente justos, com a visão de que a satisfação das nossas necessidades atuais não deve comprometer a sobrevivência das futuras gerações.

As Instituições Financeiras Cooperativas estão em franca expansão, no Brasil já são mais de 6 milhões de clientes associados e 5 mil pontos de atendimento. Na Europa, Estados Unidos e Canadá, as Cooperativas de Crédito já atingem hoje percentuais em torno de 20% de participação no mercado financeiro.

Vale a pena conhecer, participar e se associar a essa ideia, que está crescendo em ritmo acelerado, conquistando associados em todo o Brasil e está cada vez mais presente em nosso Sistema Financeiro Nacional.

Fonte: Administradores.com, por Marcelo Correa Medeiros

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.