Instituto Sicoob impacta mais de 130 mil pessoas em 2017

Consolidando a gestão orientada para resultados, os indicadores de impacto da instituição obtiveram significativos avanços durante o ano anterior.

Com o propósito de difundir a cultura cooperativista e contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades, o Instituto Sicoob alcançou em 2017 a marca de mais de 130 mil pessoas impactadas e 135 municípios atendidos entre os estados do Amapá, Espirito Santo, Minas Gerias, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná e Rio de Janeiro. “Ficamos felizes por termos, novamente, alcançado resultados tão expressivos. São dezenas de milhares de pessoas beneficiadas pelos nossos programas e projetos apoiados junto as nossas cooperativas”, destaca o Presidente do Instituto Sicoob filial Unicoob, George Hiraiwa.

Baseado em cinco grandes pilares de atuação – fundamentados no quinto princípio do cooperativismo: educação, formação e informação – que orientam e definem as metodologias dos programas e projetos voltados à Educação Cooperativista, Educação Financeira, Educação Ambiental, o Interesse pela Comunidade e Voluntariado, a instituição visa conectar pessoas e convocar as novas gerações a encontrarem no cooperativismo o mundo colaborativo que desejam viver.

No eixo de Educação Cooperativista, ao qual responde diretamente a essência da missão da organização, foram mais de 61 mil pessoas sensibilizadas diretamente. Um número 43,5% maior em relação ao ano anterior. O programa Cooperjovem, desempenhado pela associação em parceria com o Sescoop, avançou 52% de um ano para outro, atendendo mais de 29 mil alunos, em 215 escolas públicas e privadas. Dentro do Programa Cooperativa Mirim, afim de incentivar, preparar e apoiar a formação de cooperativas em escolas e outras instituições que atendam crianças e adolescentes, o Instituto Sicoob, em parceria com o Sicoob Cooesa, Sistema OCB/PA e a organização Espaço Cultural Nossa Biblioteca, fundou as primeiras cooperativas mirins da Região Norte do Brasil. Em 2017, o programa fechou o ano com 17 cooperativas mirins instituídas e mais de 580 associados. O Concurso Cultural, já em sua 7ª edição, foi realizado em 71 municípios com a participação de mais de 28 mil crianças, totalizando, aproximadamente, 80 mil beneficiados desde o lançamento do projeto em 2011.

O eixo de Educação Financeira também cresceu e trouxe resultados significantes. A instituição identificou que, do público das palestras de Educação Financeira, 83,4% consideram se associar a uma cooperativa de crédito e 88% têm a intenção de abrir uma poupança. Por meio dos programas, como as Palestras e o Se Liga Finanças, mais de 7 mil pessoas foram capacitadas. Destaque ao evento gratuito de Consultoria Financeira que atendeu, no Largo da Carioca, Rio de Janeiro – RJ, diretamente 645 pessoas durante a Semana ENEF – Estratégia Nacional de Educação Financeira.

Voltado a sua essência em transformar o ato de consumir em uma prática permanente de cidadania, que extrapola o atendimento de necessidades individuais e leva em conta seus reflexos na sociedade e no meio ambiente, o eixo de Educação Ambiental oportunizou palestras e debates sobre o consumo consciente para mais de 3.500 pessoas e, mediante ao programa Papa-Pilhas, recolheu mais de 4 toneladas de pilhas e baterias usadas – 97% a mais em vista de 2016. Pelo programa CO2Free, desenvolvido em parceria com a Green Farm, o Instituto Sicoob e as cooperativas ligadas ao Sicoob Unicoob e Sicoob Central Rio, zeraram suas emissões de CO2 com a preservação de mais de 700 árvores. O volume das compensações de CO2 no ano de 2017 correspondem a 204 carros rodando em média 15 mil Km/ano, com consumo médio de 10 l/Km. Isto totaliza 3.060.000 de Km, o equivalente a 76 voltas no Planeta Terra.
O Interesse pela Comunidade, uma forma de conduzir a cooperativa pelos caminhos da responsabilidade social, de modo sintonizado com os desafios sociais em seu entorno, preservando sempre os interesses da coletividade, levou para mais de 23 mil pessoas, em 07 municípios paranaenses, espetáculos abertos e gratuitos de música e teatro por meio da Programação Cultural Sicoob, incentivando a interação social e cultural.

O diferencial do Instituto Sicoob está no banco de voluntariado formado por colaboradores, diretores e cooperados do Sistema Sicoob. São eles, a grande força mobilizadora que permite a instituição atuar em benefício de um grande número de pessoas junto às comunidades das quais faz parte. O Programa Voluntário Transformador totalizou mais de 1.300 voluntários cadastrados, um crescimento de 31% em um ano, e mais de 5.300 horas de trabalho voluntário desenvolvido em prol das comunidades.

Segundo o Presidente, a instituição está consolidada e preparada para responder aos desafios dos novos tempos, posicionando a marca Sicoob como uma marca que contribui para uma sociedade mais justa, inclusiva e cooperativa. “A nossa confiança se apoia em todos aqueles que fazem parte desta grande rede de colaboração que cresceu e se fortaleceu em torno do propósito do Instituto. Esta cooperação tem pavimentado o caminho para os resultados que alcançamos ao longo dos anos, possibilitados pela crença de que a construção de negócios sustentáveis passa por um processo coletivo e democrático de atuar no presente para construir o futuro”, conclui Hiraiwa.

Para saber mais sobre os programas, números e ações do Instituto Sicoob acesse o Relatório de Impacto Anual da organização que, neste ano, motivado pelas práticas disseminadas pelo eixo de Educação Ambiental, afim de incentivar a redução de uso de materiais e a preservação do meio ambiente, tem sua versão completa 100% digital.

Acesse, leia e compartilhe por meio do Link: www.institutosicoob.org.br/relatoriodeimpacto2017

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.