Atenção às falsas Cooperativas de Crédito

Diante da grande quantidade de e-mails enviados para o Portal do Cooperativismo de Crédito solicitando informações sobre operações de crédito ofertadas por supostas cooperativas, em condições de mercado extremamente vantajosas para o tomador, republico abaixo texto publicado originalmente em 25/02/2010. Caso você já tenha visto este tipo de promessas não deixe de registrar seu comentário no final do texto para que os leitores que chegam até o portal, buscando informações, consigam facilmente concluir que tais situações configuram FRAUDE.

—————————————–

Matéria de 25/02/2010 (link)

Título: Cuidado com as falsas Cooperativas de Crédito

Nos últimos dias tenho recebido email´s de pessoas da região central do país (MG, SP) solicitando informações sobre como funcionam as Cooperativas de Crédito.

O interesse tem como origem propostas maravilhosas que estão sendo feitas por supostas Cooperativas de Crédito que oferecem linhas de crédito com prazo de 200 meses (17 anos) e com taxas de juros extremamente atrativas (menos de 0,3% ao mês).

Onde está o problema ? Para garantir sua operação de crédito os estelionatários exigem o pagamento antecipado de 10% do valor a ser liberado a título de “seguro”. Os 10% tem de ser depositados em contas de pessoas físicas que supostamente seriam advogados da Cooperativa.

As Cooperativas de Crédito não tem clientes, tem associados (donos) e como tal tem procedimentos de abertura de conta diferenciados dos bancos visto que torna-se necessário observar o processo de “associação” do interessado em ingressar na Cooperativa. Este fato faz com quea abertura da conta dure o mesmo tempo que ocorre em um Banco, dificilmente será mais rápido e nunca será por telefone. Uma Cooperativa de Crédito sempre fará questão de explicar os diferenciais entre uma Cooperativa de Crédito e um Banco e dificilmente passará uma imagem de “crédito fácil e rápido”, afinal, qualquer inadimplência terá de ser arcada entre todos os associados da Cooperativa.

Fique muito atento à milagres. Desconfie de tudo o que parece ser muito fácil. Cooperativas de Crédito são instituições financeiras regulamentadas e fiscalizadas pelo Banco Central do Brasil e como tal tem de estar regularmente constituídas. Em caso de dúvidas mantenha contato com o autor deste site.

Importante ressaltar que 80% das cooperativas de crédito do Brasil utilizam uma das seguintes marcas/nomes: Sicredi, Sicoob, Unicred, Cecred, Confesol, Cresol, Crehnor, Uniprime. Com estas cooperativas você não correrá o risco deste tipo de fraude e tenha a certeza de quetodas elas exigirão sua presença física para a concessão de qualquer empréstimo.

Os nomes de falsas Cooperativas que tem sido utilizados ultimamente são: (se souberes de outros mantenha contato por email):

  • Central das Cooperativas de Economia e Crédito
  • Cooperativa de Crédito de BH
  • Cooperativa de Crédito de Minas
  • União Sócio Cooperativa de Crédito
  • Coopne – Cooperativa Nacional de Empréstimo

 

Consulte no link http://www.bcb.gov.br/?RELINST a relação das cooperativas de crédito autorizadas a operar no Brasil.

1 comentário

  1. Sofri golpe da empresa cred objetiva, paguei 900$ de taxas q foi cobrada para liberacao de 5 mil de emprestimo 24x, nunca caiu o valor do emprestimo e ñ me respondem mais pela wats para devolver meu dinheiro,fiz b.o. mas ate momento ñ tive solucão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*