Lei declara Sunchales/ARG cidade-irmã de Nova Petrópolis/RS

A LEI municipal Nº 3.979/2010, aprovada pelos vereadores de Nova Petrópolis/RS e sancionada pelo Prefeito Municipal Luiz Irineu Schenkel, declarou a cidade de Sunchales, na Argentina, cidade-irmã de Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul. A lei foi sancionada no dia 15/06/2010.

A aproximação das duas cidades cooperativistas ocorreu em 2006 por insistência de Ivano Barberini, então Presidente da ACI (Aliança Cooperativa Internacional) que havia estado em Nova Petrópolis em 2002 e que em 2006 esteve em Sunchales para inaugurar o monumento ao Cooperativismo daquele país. A existência de um monumento ao Cooperativismo em Nova Petrópolis foi o fator principal desta aproximação. Segundo Ivano Barberini, o monumento localizado em Nova Petrópolis “é o mais expressivo monumento ao cooperativismo do mundo”.

Lei mais sobre Sunchales no link.

A justificativa para esta Lei Municipal é a seguinte:

“O presente Projeto de Lei visa declarar CIDADES IRMÃS as cidades de Nova Petrópolis, Rio Grande do Sul, Brasil e Sunchales, Província de Santa Fé, República Argentina. Esta iniciativa se justifica pelo fato de ambas as cidades possuírem, em seus respectivos países, o título de “Capital Nacional do Cooperativismo”.

Sunchales recebeu este título por sediar o maior número de cooperativas de vários segmentos. Nova Petrópolis detêm este título desde janeiro de 2010 por ter a primeira cooperativa de crédito da América Latina, que também é a mais antiga em atividade. Esta irmandade não significa apenas o início de um intercâmbio cultural, mas a promoção de contatos de negócios de interesse mútuo, intercâmbio de tecnologias e cooperação educacional, visto que o sistema cooperativo é uma alternativa que surgiu do povo a fim de atender às necessidades específicas da comunidade em conjunto e de forma organizada.

O movimento cooperativista e associativista motivado por ideais e objetivos, vem crescendo no mundo e é um importante fator de desenvolvimento econômico, social e cultural dos povos. A irmandade entre duas capitais nacionais do cooperativismo é um fato inédito em nível mundial e está apoiada por autoridades cooperativas nacionais e internacionais, projetando Nova Petrópolis para um cenário de crescimento, gerando maior visibilidade e prestígio entre as entidades cooperativistas.

A criação desta lei é uma das homenagens do Município ao precursor do título de Capital Nacional do Cooperativismo, Sr. Édio Spier, que também tinha a aspiração de criar esta irmandade.”

Fonte: SICREDI Pioneira RS

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.