Portal do Cooperativismo Financeiro Assembleia da ACI: Balanço Social Cooperativo - Portal do Cooperativismo Financeiro

Assembleia da ACI: Balanço Social Cooperativo

Cancún – México: Um dos assuntos abordados na Assembleia da ACI foi o “Balanço Social Cooperativo”, tema este muito bem apresentado pelo Sr. Juan Carlos San Bartolome e a Sra. Liliana Gonzalez. Os palestrantes já haviam publicado matéria sobre o assunto no informativo eletrônico de Maio/2011 da ACI Américas intitulado  “Balanço Social Cooperativo: uma ferramenta eficaz para as cooperativas do século XXI“.

Segundo os palestrantes, o Balanço Social Cooperativo (BSCoop) permite que as cooperativas façam a gestão de seus objetivos sociais com igual grau de profissionalismo que o fazem com suas metas econômicas.

O Balanço Social é uma ferramenta de gestão sócio-econômica que facilita às cooperativas medir-se e prestar contas aos associados e outros grupos de interesse, sobre a aplicação dos valores e princípios cooperativos.

É no Balanço Social que se demonstra o que se denomina de “diferença cooperativa”, o que nos distingue de qualquer outro tipo de entidade e nos identifica como cooperativas.

O Balanço Social é mais completo do que um Balanço Contábil. Existem uma infinidade de atividades de uma cooperativa que não estão ponderadas na contabilidade tradicional e que aparecem no Balanço Social Cooperativo, especialmente no conceito do “valor agregado cooperativo”.

O valor agregado cooperativo pode ser visto de 2 formas:

  1. o valor agregado visível, cujos números podem ser vistos na contabilidade tradicional, e 
  2. o valor agregado invisível, que não surge da contabilidade tradicional e sim de uma análise mais profunda, pormenorizada dos benefícios que recebem os associados através da economia sentida em seu bolso através de atividades com menor custo do que no mercado.

A comparação com um Iceberg

Na apresentação foi feita a reflexão de que o Balanço Social Cooperativo poderia ser a forma de melhorarmos a visibilidade do cooperativismo em nível mundial. Nos treinamentos realizados pela ACI Américas as cooperativas são comparadas com um iceberg, uma montanha de gelo, e tal como se observa nos icebergs no mar, a única parte que pode ser vista é a ponta desta montanha, mas que está sustentada por uma grande massa de gelo. No caso das cooperativas ocorre o mesmo, as vezes só se vê a ponta do iceberg, mas existem uma infinidade de ações, de pessoas, que estão fazendo uma gestão cooperativa em benefício do associado.

O Balanço Social Cooperativo nos permite visualizar como é feita a gestão das entidades cooperativas, como elas cumprem os princípios cooperativos, visualizar o invisível da gestão.

Para melhor apresentar o Balanço Social o ideal é abordarmos cada um dos 7 princípios cooperativos elencando o como fazemos para nos diferenciar perante as empresas tradicionais.

Por Márcio Port, de Cancún, México

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.