Portal do Cooperativismo Financeiro Equipe Sicredi Racing disputará a sétima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge no Rio Grande do Sul - Portal do Cooperativismo Financeiro

Equipe Sicredi Racing disputará a sétima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge no Rio Grande do Sul

A equipe Sicredi Racing, de João e Márcio Campos, volta ao Rio Grande do Sul para disputar a 7ª etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge. A competição será no Velopark, nos dias 12 e 13 de novembro, em Nova Santa Rita. À espera de mais duas rodadas duplas até o fim do campeonato, pai e filho lideram a disputa, somando 162 pontos. A equipe Sicredi Racing corre com o patrocínio das seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi, Icatu e Mapfre.

Na sexta etapa do campeonato, realizada em Campo Grande, nos dias 22 e 23 de outubro, a equipe venceu a prova realizada no sábado e terminou em terceiro na prova de domingo. Após as corridas, a dupla manteve-se na liderança da competição, com 32 pontos de vantagem para o vice-líder, Marcelo Hahn. A etapa de Nova Santa Rita será uma prova de força para os gaúchos, que correrão diante de sua torcida. Um resultado positivo pode aproximar ou garantir o título da categoria para a dupla. A Torcida Sicredi também promete lotar as arquibancadas do Velopark para apoiar a equipe. Serão mais de mil torcedores, entre colaboradores e associados do Sicredi.

João Campos avaliou os resultados da última corrida como satisfatórios, já que a equipe teve que superar problemas técnicos durante a prova. “Depois dos problemas de falta de freios que enfrentei na corrida de Campo Grande, viemos direto para o Velopark onde, dois dias depois, já treinamos na pista. Foi um treino super válido, vivenciamos as dificuldades que tive com o freio, localizamos e resolvermos o problema, testamos muito e penso que temos uma luz, um caminho para acertar o carro com os 55 quilos de lastro”, considera. O lastro é decorrência do item do regulamento que prevê, a título de equiparação de forças, o acréscimo de peso ao carro de acordo com os resultado obtidos pelos pilotos, João e Márcio já venceram cinco corridas.

Para Márcio Campos, a corrida de Nova Santa Rita será um desafio a mais para a dupla, que precisará compensar o novo peso do carro com a habitual habilidade de guiar no circuito. “Aqui, o peso extra vai contar bastante nas curvas de baixa velocidade, nas retomadas. O positivo é que conheço bem e gosto do estilo de pilotagem da pista onde inclusive ganhei a corrida pelo campeonato gaúcho no ano passado. Eu realmente considero que o Velopark é a minha casa no automobilismo”, acredita.

Sobre o Mercedes-Benz Grand Challenge
É a primeira categoria de competição promovida pela Mercedes-Benz no Brasil. O grid é composto por 22 carros e o modelo adotado nas pistas é o Mercedes-Benz C250 CGI, preparados para competição pela WB Motorsport, de São Paulo, equipe com notória tradição no automobilismo brasileiro.

A preparação incluiu a redução do peso original para 1.100 kg, alterações no gerenciamento eletrônico do motor turbo para chegar aos 245 HP, instalação de equipamentos de segurança em conformidade com normas internacionais e adoção de kits aerodinâmico e de competição, oferecendo máximo desempenho aos carros da categoria.

O calendário geral contempla oito etapas com duas corridas, uma no sábado e outra no domingo, com duração de 30 minutos cada. Além de Curitiba e Santa Cruz do Sul (RS), onde ocorreram as três primeiras etapas, Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Campo Grande (MS) e Nova Santa Rita (RS) fazem parte do calendário neste primeiro ano. Curitiba e São Paulo terão duas etapas cada.

Fonte: Sicredi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.