Charles Gould, Diretor da Aliança Cooperativa Internacional, visita o Brasil.

Charles Gould foi recebido pelo presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, nesta segunda (20/8)

O cooperativismo brasileiro tem se destacado na economia nacional por sua contribuição na geração de trabalho e renda. Hoje, o setor reúne cerca de 10 milhões de cooperados e responde por 296 mil empregos diretos, e, como reconhecimento a sua expressividade, o diretor-geral da Aliança Cooperativa Internacional (ACI), Charles Gould, está no Brasil desde esta segunda-feira (20/8). Ele será recebido pelo presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, na sede da entidade, em Brasília (DF). Gould também participa, entre os dias 21 e 24 de agosto, do maior congresso brasileiro de cooperativismo de crédito da América Latina – o 9º Concred, em Nova Petrópolis (RS).

Desde o início, o Brasil tem criado bases para assegurar às cooperativas um crescimento estável e próspero, por meio de um sistema financeiro fortalecido. A nação que alberga a primeira união de crédito fundada na América Latina – a Sicredi Pioneira – tem impulsionado um sistema bancário de inclusão, o qual tem garantido o crédito formal para aqueles que provavelmente teriam sido deixados à própria sorte. O Brasil também tem assumido um importante papel, atuando para elevar o reconhecimento do modelo cooperativista a um patamar global, incluindo as Nações Unidas, o que deveria ser seguido pelos demais.” declarou Goud.

A visita do diretor da ACI também marca as comemorações pelo Ano Internacional das Cooperativas – 2012, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU). “A presença de uma das maiores autoridades internacionais do cooperativismo nos orgulha e aumenta a nossa responsabilidade enquanto movimento de inclusão econômica e social. Esse é um momento mais que oportuno para dar visibilidade às ações cooperativistas que tanto contribuem para a melhoria de vida da população mundial”, ressalta o presidente da OCB.

Cooperativismo brasileiro – O Sistema OCB é composto por 6.586 cooperativas atuantes em 13 setores de atividades econômicas, cerca de 10 milhões de cooperados e 296 mil empregados. Acredita-se que o total de brasileiros envolvidos com o movimento chegue a 33 milhões.

Cooperativismo no mundo – Mundialmente, o setor cooperativista mobiliza aproximadamente 1 bilhão de pessoas e gera 100 milhões de empregos diretos.

Fonte: OCB

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.