Portal do Cooperativismo Financeiro Sicredi Integração Rota das Terras RS é uma realidade – Portal do Cooperativismo Financeiro

Sicredi Integração Rota das Terras RS é uma realidade

Aprovada a união da Sicredi Ibirubá RS e Sicredi Rota das Terras RS

Com base na Lei Complementar 130/09 e Resolução do CMN 3.859/10, que trata sobre o novo modelo de Governança Corporativa, a Sicredi Rota das Terras RS e a Sicredi Ibirubá RS concretizaram a união das cooperativas em Assembleia Geral Extraordinária Conjunta realizada no dia 03/11/2014, na Afuco, em Tapera. Com a unificação, o nome da cooperativa passa a ser Sicredi Integração Rota das Terras RS.

Estiveram presentes dirigentes, executivos, conselheiros, gerentes, colaboradores e coordenadores de núcleo do Sicredi, associados integrantes da Comissão Mista de cada cooperativa, autoridades municipais, representantes de cooperativas e entidades e imprensa regional.

A Comissão Mista, formada pelos associados Vanderlei Caraffini, José Teodoro Kunzler, Marlene Weber Klassmann, Gilberto Alves Sassi, Celso Meith e Volnei Schneider, apresentou o parecer favorável à união das cooperativas, com base no parecer da Auditoria Independente emitido pela Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa – CNAC e nos dados contábeis com data-base de 31/08/14.

Após, os coordenadores aprovaram a união por unanimidade, mediante os votos dos associados que participaram das 12 Assembleias de Núcleo. Foram realizadas duas em Quinze de Novembro (17 e 18 de setembro); três em Ibirubá (30 de setembro, 01 e 02 de outubro); duas em Selbach (24 e 30 de setembro); duas em Tapera (25 e 29 de setembro); duas em Colorado (06 e 07 de outubro); e uma em Lagoa dos Três Cantos (08 de outubro). Nos dias 15 de outubro, em Tapera, e 16 de outubro, em Ibirubá, cada cooperativa realizou a sua Assembleia Geral Extraordinária.

Conforme os dirigentes da Sicredi Integração Rota das Terras RS, Celso Endres e Sérgio Luiz Tonello, a participação dos associados e dos coordenadores de núcleo é fundamental para as definições dos rumos do empreendimento. As decisões são compartilhadas e o que a maioria decide pelo voto é realizado pela cooperativa. O voto de todos tem o mesmo valor. Segundo eles, a aprovação do processo de união é mais um exemplo dessa participação.

Em razão da união das cooperativas, os associados também aprovaram a reforma e consolidação do Estatuto Social, a adequação à nova Política de Governança Corporativa (Diretoria Executiva), e a recomposição do novo Conselho de Administração da Sicredi Integração Rota das Terras RS.

A nova cooperativa: Sicredi Integração Rota das Terras RS

Com sete Unidades de Atendimento distribuídas nos municípios de Tapera, Selbach, Lagoa dos Três Cantos, Colorado, Ibirubá e Quinze de Novembro, a Sicredi Integração Rota das Terras RS será composta por 23 mil associados. Devido à ampliação da capacidade patrimonial e operacional, a partir da unificação das estruturas, a cooperativa terá um aumento no volume de negócios e recursos, na participação de mercado, na rentabilidade e na redução de custos. O patrimônio será de R$ 91 milhões, com ativos totais de R$ 427 milhões, uma carteira de crédito de R$ 363 milhões e sobras de R$ 12 milhões geradas até o mês de setembro.

Conforme Tonello, o dia a dia dos associados e o relacionamento com a cooperativa não será alterado. A unificação das bases, segundo ele, será feita no final de semana de 08 e 09 de novembro. Endres ressaltou que a única mudança será para os associados de Ibirubá e Quinze de Novembro, que terão um novo número de conta-corrente, a partir do dia 10 de novembro, e que deverão utilizar o novo número da cooperativa (0244 e não mais 0222) para realizar as movimentações financeiras. “Os associados não precisam se preocupar com esta mudança, pois vamos ter um tempo para fazer a adequação de todas as contas. Os colaboradores estão à disposição nas Unidades para esclarecer eventuais dúvidas”, disse o dirigente.

De acordo com Tonello, os associados aprovaram a união, pois perceberam que este é o caminho para o fortalecimento do cooperativismo de crédito. Disse ainda, que a cooperativa terá um ganho de escala devido ao aumento do volume de operações e recursos; uma maior capacidade patrimonial; uma redução de custos com a otimização de estruturas de conselhos, diretorias executivas e administração centralizada; uma redução de riscos; uma maior sinergia e oportunidades de crescimento; um aumento da competitividade e da capacidade de oferta de crédito; uma ampliação na geração de resultados e mais desenvolvimento para as comunidades.

A gestão da cooperativa será conjunta, onde o presidente e vice-presidente do Conselho de Administração assumem as mesmas responsabilidades. De 2015 a 2016 o presidente será Celso Endres e de 2017 a 2019 quem assumirá a presidência será Sérgio Luiz Tonello.

Conselho de Administração

  • Presidente: Celso Endres
  • Vice-Presidente: Sérgio Luiz Tonello
  • Conselheiros Efetivos: Paulo Rogério Prediger; Fabrício Zatt; Edison Jorge Roessler; José Amilton dos Santos; Valdecir Luiz Ecker; Vilson Koch.
  • Conselheiros Suplentes: Célio Horst; Ari Benini; Valtencir Cristiano Werlang; Luiz Carlos Pagliarini; Mateus Tonezer; Airton Oscar Bohn.

Diretoria Executiva

  • Diretor Executivo: Luiz Fernando Scartezini
  • Diretor de Operações: César Luiz Ritter

Conselho Fiscal

  • Conselheiros Efetivos: Maria Beatriz Griebeler; Paulo César Junges; Eriberto Honório Cassel.
  • Conselheiros Suplentes: Paulo José Klassmann; Lisete Schmitt; Moisés Nodari.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sicredi Integração Rota das Terras RS

1 Comentário em Sicredi Integração Rota das Terras RS é uma realidade

  1. Parabéns a região, as cooperativas do Sistama Sicredi que hora efetivam esta união (forte) e principalmente aos associados que disfrutaram de maiores e bons benefícios associativos. Fraterno abraço, sucesso e vida longa a Sicredi Integração Rota das Terras.

    Graduado Tecnólogo em Gestão de Cooperativas ESCOOP Faculdade Superior do Cooperativismo Porto Alegre / RS

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.





*

WordPress spam blocked by CleanTalk.