12º Concred: FintechCoop Lab aproximará e conectará Cooperativismo Financeiro, Fintechs e Startups

Simplicidade, facilidade, agilidade, acessibilidade, economia, racionalidade, qualidade, inovação, segurança e sustentabilidade são, entre outros atributos, o que clientes, usuários e consumidores buscam no seu relacionamento com o mercado. Tanto para atender suas necessidades imediatas quanto para realizar seus sonhos. Por este motivo, tais atributos se tornaram condições essenciais para o sucesso dos negócios, sobretudo no segmento cooperativista-financeiro, e as fintechs e startups – por seu modelo atual e inovador, sustentado na tecnologia – têm se mostrado grandes aliadas das instituições financeiras para vencer estes desafios.

Aliás, o Cooperativismo Financeiro no mundo digital é um assunto tão atual e importante que foi tema destacado da Conferência do Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito – WCUC 2018, realizada em Singapura, em julho passado. Neste evento internacional, 1.300 participantes, de 58 países, analisaram e discutiram os desafios tecnológicos enfrentados mundialmente pelas cooperativas de crédito e a necessidade de se encontrar soluções inovadoras e eficazes.

Atenta à evolução dessa realidade, a cenários, tendências e perspectivas do segmento financeiro, em especial das cooperativas financeiras, a Confebras incluiu na programação paralela do 12º Congresso Brasileiro das Cooperativas de Crédito – Concred, o espaço FintechCoop Lab, com o objetivo de facilitar e promover a aproximação e a conexão entre o ambiente das startups e o mundo cooperativista.

Integrado à Feira de Negócios Cooperativistas do 12º Concred, que se realizará em Florianópolis de 21 a 23 de novembro próximo, o FintechCoop Lab será a vitrine onde as lideranças cooperativistas participantes do evento conhecerão as soluções desenvolvidas e implementadas por importantes fintechs do país, que durante dois dias ali apresentarão ideias inovadoras e propostas disruptivas em produtos e serviços desenvolvidos especialmente para o mercado financeiro.

Para dimensionar a presença e atuação dessas empresas no mercado e a demanda que existe para seus produtos e serviços (principalmente Analytics – Big Data, concectividade, DLTs e Blockchain, empréstimos e negócios, funding, pagamentos e seguros, entre outros), basta saber que somente no período de janeiro a junho deste ano, o total de startups voltadas para o setor financeiro existentes no país, entre fintechs e plataformas de eficiência operacional e financeira, cresceu 22,5%. De 369, em fins de 2017, passou para 442 no primeiro semestre de 2018, ou seja, mais de 12 novas startups específicas para finanças foram criadas a cada mês.

Nesta realização, a Confebras tem a parceria de duas importantes empresas do setor, reconhecidas nacionalmente: a FintechLab, que é a principal hub de conexão e informações sobre o ecossistema de fintechs do Brasil, e a Torq, associada à Senior Solution, especializada na execução de projetos de transformação digital para empresas de serviços financeiros.

A aproximação e conexão do cooperativismo financeiro com o universo das startups é positiva e favorável para as duas partes, pois ao mesmo tempo em que facilita às cooperativas financeiras vencer o desafio de soluções tecnológicas inovadoras, ágeis e eficientes que potencializem seu desempenho operacional e negocial, estimula a criatividade das startups no desenvolvimento de soluções eficazes e disruptivas para este segmento especial do mercado financeiro, que são as cooperativas de crédito.

Durante dois dias, 12 importantes fintechs voltadas para o setor financeiro estarão presentes no FintechCoop Lab, apresentando seus produtos e serviços e também mantendo conversas empreendedoras com os congressistas, inclusive sobre as possibilidades de as Cooperativas ampliarem sua atuação e acessarem novos mercados, ofertando produtos financeiros complementares ao crédito e ao investimento.

Participar do 12º Concred, proporcionará às lideranças cooperativistas uma imersão profunda e enriquecedora nas grandes e atuais questões do Cooperativismo Financeiro nacional. Especificamente o FintechCoop Lab, será uma oportunidade única de conhecer de perto o universo das fintechs e ficar por dentro das transformações digitais que essas startups estão promovendo no mercado financeiro. E mais: saber o que e como essas empresas podem ser parceiras de sua cooperativa com soluções inovadoras e propostas disruptivas que contribuam para o desenvolvimento tecnológico, para mais eficiência operacional, para a expansão negocial e para o sucesso maior, que é a satisfação dos associados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*

WordPress spam blocked by CleanTalk.