Professores podem se associar à Unicred Sul Catarinense

A Unicred Sul Catarinense (COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MÉDICOS, PROFISSIONAIS DA SAÚDE, CONTABILISTAS E EMPRESÁRIOS DA REGIÃO SUL CATARINENSE LTDA), cooperativa de crédito criada inicialmente para atender aos médicos, está com seu quadro associativo mais abrangente. É que uma nova categoria pode ser atendida pela cooperativa, que atua de Imbituba a Passo de Torres: os professores. A autorização veio do Banco Central. Além dos professores, a Unicred Sul Catarinense é aberta aos profissionais e empresas de saúde, contabilistas e empresários.

Os professores que quiserem integrar a Unicred Sul Catarinense como pessoa física precisam ir até uma das agências com documentos pessoais, comprovantes de renda e residência, cópia da carteira profissional e do diploma de nível superior. Os casados precisam apresentar também cópias da certidão de casamento e dos documentos pessoais (CPF e RG) do cônjuge.

Isenção de taxas, financiamentos com taxas mais acessíveis, investimentos com taxas diferenciadas são alguns dos diferenciais da cooperativa. “Mas o mais importante é que a pessoa ou a empresa passa a ser também dona, pois nesse sistema todo mundo ganha, os lucros são divididos”, destaca o presidente da Unicred Sul Catarinense, Rozenir Ramos.

Em dez2009 a cooperativa administrava ativos na ordem de R$ 100 milhões,  operações de crédito de R$ 75 milhões e Patrimônio Líquido de R$ 15,4 milhões, tendo como área de ação os municípios de Criciúma, Içara, Cocal do Sul, Forquilhinha, Nova Veneza, Morro da Fumaça, Urussanga, Lauro Muller, Siderópolis, Treviso, Araranguá, Meleiro, Turvo, Timbé do Sul, São João do Sul, Maracajá, Santa Rosa do Sul, Sombrio, Passo de Torres, Praia Grande, Jacinto Machado, Balneário Gaivotas, Ermo, Morro Grande, Balneário Arroio do Silva, Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Grão Pará, Gravatal, Imaruí, Imbituba, Jaguaruna, Laguna, Orleans, Pedras Grandes, Rio Fortuna, Sangão, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, São Martinho, Treze de Maio e Tubarão.

Fonte: Portal Clic A Tribuna

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*