Audiência pública no Senado discute a Lei Geral do Cooperativismo

3 Comentários

  1. Excelente notícia.
    Vamos torcer para que desta vez a lei seja atualizada.

  2. Realmente é necessário substituir a “velha” 5.764, porém nos aspectos que realmente exigem atualização e melhorias para o desenvolvimento do cooperativismo no Brasil. Já é tempo de seguir o exemplo de países onde o cooperativismo é desenvolvido, em especial os da Europa. Entretanto, me causa preocupação a manifestação do ministro Pepe, no tocante ao ato cooperativo, pois como bem sabemos, trata-se de um instituto que fundamenta a doutrina cooperativista. É preciso tomar muito cuidado na formulação do texto legal relacionado ao ato cooperativo.

  3. O importante assunto esta sendo bem conduzido e acompanhado por lideres que conhecem muito o Cooperativismo, como o ex-ministro Roberto Rodrigues e agora embaixador na ONU
    para o Cooperativismo e um orgulho para nosso pais.
    Edison Nascimento Webster
    Novo Hamburgo-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*