Mais de 50 milhões de pessoas são envolvidas em ações da Cresol na Semana de Educação Financeira

O Banco Central do Brasil publicou o relatório com os resultados da Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef). Com grande envolvimento da Cresol, a edição da campanha deste ano dobrou o número de iniciativas em relação ao último ano e atingiu 70,7 milhões de pessoas, um aumento de número dezessete vezes maior em relação a 2018.

Em 2019, a Semana Enef foi realizada entre 20 e 26 de maio e contemplou o tema Educação financeira em sua amplitude. A Cresol realizou 2 mil ações entre encontros presenciais, como palestras e cursos, bem como formações sobre o tema por meio de plataforma online, e divulgação em mídias de massa (rádio, TV e mídias sociais). Neste ano, a principal campanha veiculada retrata uma família em que o filho, ainda criança, orienta os pais a tomarem as melhores decisões com as finanças.

Somente uma iniciativa da Cresol alcançou 52,6 milhões de pessoas, reflexo do envolvimento com ações voltadas à educação financeira. O Presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri, valorizou os números da campanha e reforçou a identidade da instituição com ações de educação financeira, sendo um pilar constante na atuação das Cooperativas.

“Para o Sistema Cresol é um motivo de muita satisfação e alegria. Nós entendemos que essa marca nos traz a convicção e a concretização da efetividade da nossa missão, dos nossos valores. É mais uma marca importantíssima. Fica o agradecimento a todos que de uma forma ou outra deram sua contribuição, essa é uma conquista de cada um que fez sua parte nessa estratégia. Agora é trabalhar incansavelmente para aumentar essa marca histórica de um trabalho que é um dos grandes diferenciais do cooperativismo e da Cresol”, enfatiza Magri.

Envolvida com a Semana Enef desde 2016, a Cresol tem aumentado seu protagonismo. Na 6ª edição, as ações triplicaram em relação ao último ano e evidenciaram a relevância da instituição dentro da campanha de educação financeira, o que está aliada à premissa da Cresol em facilitar o acesso ao Sistema Financeiro de forma consciente.

O cooperativismo na Senef

A participação dos sistemas cooperativos como um todo também tem aumentado anualmente. Em 2019, essas ações responderam a 88% das iniciativas do Banco Central e 98% do público alcançado. Comparado aos números do Banco, o segmento cooperativo responde por 88% das iniciativas e 98% do público alcançado, resultado de uma parceria que já se estabeleceu de longa data e que se revela cada vez mais profícua.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.




*