Cooperativa chega à marca histórica e se prepara para o futuro do mercado financeiro

As cooperativas de crédito são parte essencial da nossa sociedade. Tal fato, tem ficado cada vez mais evidente, uma vez que ano após ano, as cooperativas tem despontado como a solução ideal para a vida financeira de milhares de brasileiros.

Com melhores condições e um atendimento com foco no cliente e cooperado, as cooperativas de crédito saem na frente na corrida em busca de novos públicos.

Tais resultados ficam evidentes quando analisamos números do setor, entre eles, o número de cooperados associados a um dos maiores sistemas do país, o Sicoob, que recentemente ultrapassou a marca de 6 milhões de cooperados.

Para entender o que esse número representa para as cooperativas e quais os próximos passos do setor, a MundoCoop conversou com exclusividade com o Diretor Comercial e de Canais do Sicoob, Francisco Reposse Jr.

Confira a entrevista na íntegra!

MundoCoop: Recentemente o Sicoob anunciou que chegou à incrível marca de 6 milhões de cooperados. A quais fatores o Sistema atribui estes resultados?

O número alcançado é, de fato, um marco histórico no cooperativismo financeiro brasileiro e, em particular, no Sicoob. Em pouco mais de um ano, acolhemos mais de 900 mil novos cooperados, apresentando um crescimento de 19,3%. Esse resultado é fruto dos nossos investimentos em agências físicas e, também, no fortalecimento de nossos canais digitais, além do aperfeiçoamento do portfólio operacional.

Seguimos com o objetivo de promover soluções e experiências inovadoras e sustentáveis tanto para quem já conhece o cooperativismo quanto para as pessoas que se interessem por uma vida financeira mais saudável e em desenvolver uma relação melhor com o dinheiro.

MundoCoop: Atualmente, o Sicoob possui a segunda maior rede de atendimento financeiro físico do Brasil. Qual o papel dessa presença física nos resultados alcançados pela cooperativa?

Não há dúvida de que nossa rede de atendimento físico, dado os efeitos naturais da aproximação, tem uma grande parcela de colaboração nessa evolução. Estamos caminhando para 4.000 pontos de atendimento, mas nunca deixamos de lado – e sabemos a importância dessa atuação – o digital. Hoje é possível, em poucos cliques, admitir o cooperado e permitir que imediata e plenamente participe da vida cooperativa. Facilitamos o ingresso, sempre estivemos ao lado dos cooperados durante a pandemia e agora colhemos os frutos do caminho que trilhamos.

MundoCoop: De que forma o Sicoob contribui para a acessibilidade ao sistema financeiro? Que ações o sistema Sicoob realiza neste sentido?

Acredito que o principal fator é ter o usuário como dono de fato da cooperativa. Dessa forma, as pessoas sentem-se mais confortáveis em acessar o sistema financeiro, têm confiança em investir seu dinheiro e, claro, realizar os seus negócios financeiros por meio do Sicoob.

MundoCoop: O sistema financeiro está passando por uma vasta modernização, com a implementação de novas ferramentas e serviços. Como o cooperativismo de crédito pode contribuir para essa modernização? De que forma as cooperativas podem se inserir na agenda do Banco Central?

O cooperativismo financeiro é um agente relevante nessa transformação. Lá no início da pandemia, por exemplo, desenvolvemos um mecanismo para liberação de senhas e tokens diretamente pelo App Sicoob, sem a necessidade de deslocamento até uma agência para resolver essa situação. Na sequência, observou-se movimento semelhante em outros players.

Quanto aos incentivos propostos pelo Banco Central em sua agenda de inovação, o cooperativismo financeiro está dando respostas efetivas e tempestivas em todos os aspectos.

MundoCoop: Como incorporar as novidades da transformação digital no ramo crédito, sem perder a identidade cooperativa? De que forma as cooperativas podem aliar estes dois elementos: tecnologia e o foco no atendimento humano?

Justamente como foi mencionado acima, o Sicoob é um importante player de inovação no mercado financeiro. Não deixamos de lado as tecnologias e nem o que nos trouxe até aqui, que foi, sobretudo, a proximidade com nossos cooperados. Por isso, seguimos investindo em abertura de agências em todo o país e, também, na experiência do usuário que utiliza o App Sicoob ou o Internet Banking.

MundoCoop: Quais as perspectivas para o cooperativismo de crédito em 2022? Quais serão os próximos passos do Sicoob?

As expectativas continuam as melhores possíveis. O sistema financeiro cooperativo, mais conhecido que está, próximo que se encontra das comunidades e tendo as soluções que a população e empreendedores reivindicam, há de seguir ampliando o seu protagonismo no cenário nacional. E isso é necessário a bem de toda a sociedade.

Por Leonardo César – Redação MundoCoop

Fonte: mundocoop.com.br

Compartilhe a notícia:
5k
fb-share-icon15000
20
Pin Share20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.