Cresol e BNDES avaliam o andamento do atual Plano Safra

A Cresol tem aproveitado a Expointer para estreitar relacionamento com grandes instituições, discutindo temas pertinentes ao agronegócio e ao cooperativismo.

Representantes do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social estiveram no estande da Cresol, na 45ª edição da Expointer. Durante a reunião com os diretores da Cooperativa Financeira foi realizada uma avaliação do andamento do atual Plano Safra (22/23). A expectativa da Cresol é aplicar R$10 bilhões na safra 22/23, um incremento de mais de 60% em relação à safra anterior.

Entre os pontos discutidos destacam-se o volume de recursos contratados, o montante liberado, o número de operações e investimentos. Além disso, as instituições também falaram sobre a retomada das contratações do PROCAPCRED (Programa de Capitalização para Cooperativas de Crédito).

O ponto alto do encontro, no entanto, foi a confirmação pelos representantes do BNDES de novos recursos que foram equalizados para o sistema Cresol operar na faixa 1 e 2 do Pronaf Custeio. Assim, cerca de R$ 474 milhões somam-se ao valor já disponível para a Cooperativa Financeira, que já começa a visualizar e encaminhar estratégias a longo prazo, considerando a atuação do próximo ano.

O presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri, e demais conselheiros estiveram presentes ainda no estande do BADESUL – Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul S.A, e em uma agenda com a ABDE – Associação Brasileira de Desenvolvimento, com a oportunidade de falar sobre sustentabilidade e o cooperativismo. Os diretores da Cresol também se reuniram com representantes do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul para discutir a atuação e projetos da Cooperativa em sustentabilidade e reforçar a parceria com o banco.
Somente em 2021, contando com 33 linhas de financiamento para créditos sustentáveis, a Cresol realizou 1.922 operações, que totalizaram mais de R$ 146 milhões em financiamentos sustentáveis. Estes números representam um crescimento de 128% dos empreendimentos e de 108% do valor financiado, em relação ao ano anterior.

“Essas agendas de encontros acabam também sendo um “termômetro” do quanto nossas operações crescem a cada ano. No que diz respeito à operacionalização de recursos junto ao BNDES, sendo uma operação que se consolida, dá cada vez mais consistência, força e visibilidade lá na ponta junto aos nossos cooperados. Claro que tudo isso se torna possível também, graças ao fato de termos muitas agências por todo o Brasil e profissionais que fazem essas operações rodarem. Tudo isso reunido é o que permite que nós possamos seguir sendo uma grande referência e estarmos entre as maiores operadoras de crédito rural”, avalia Cledir Magri.

Adriano Michelon, vice-presidente da Cresol Confederação, também acompanhou as agendas e comentou sobre as parcerias. “São essas agendas estratégicas com nossos parceiros que fazem com que a Cresol seja hoje tão fortalecida, principalmente no agro. Sempre estamos em busca de qualificação frente às nossas demandas e o BNDES, um dos nossos maiores parceiros, sempre tem nos atendido para que possamos focar no nosso cooperado”.

Sobre a Cresol

Com 27 anos de história, mais de 760 mil cooperados e 700 agências de relacionamento em 17 estados, a Cresol é uma instituição financeira que está se consolidando entre as principais cooperativas financeiras do País. Com foco no atendimento personalizado, a Cresol fornece soluções financeiras para pessoas físicas, empresas e empreendimentos rurais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.