Cresol Sicoper inicia debates sobre organização sistêmica

Atividade foi a primeira de quatro etapas que visam o alinhamento da organização sistêmica em alusão aos 10 anos de constituição que serão comemorados em 2024

Olhar para a evolução da Cresol e, principalmente, para os objetivos estratégicos é fundamental para planejar os próximos anos de atuação. Neste sentido, a Cresol Sicoper deu início, nesta quarta-feira (14/09), a um longo processo de revisão da sua organização sistêmica. A atividade, realizada em Passo Fundo (RS), foi guiada pelo assessor canadense, Jean Bergevin, e contou com a participação de dirigentes da Central e das Cooperativas Singulares.

Este encontro foi a primeira etapa de quatro atividades previstas. Na oportunidade, Jean realizou um resgate histórico e uma análise comparativa dos dados da Cresol. A partir disso, deu-se início ao processo de avaliação e esquematização em grupos de trabalho, olhando atentamente para a organização interna e o posicionamento externo, além de estimular a reflexão sobre o atual planejamento.

Participativo desde o início do processo de constituição do Sistema Cresol Sicoper em 2014, Jean tem contribuído com diversas atividades de intercooperação entre Brasil e Canadá e para o desenvolvimento do cooperativismo financeiro.

“Nesta atividade pude perceber que o grupo estava muito disponível para ouvir sobre os resultados de crescimento, mas também, de observar as diferenças sistêmicas e ter uma disponibilidade e vontade de trabalhar para melhorar a atuação. Então, avalio que saímos com muito material e boas ideias para continuar trabalhando nas próximas etapas, pensando sempre em melhorar o Sistema Cresol Sicoper”, destaca Bergevin.

O planejamento, para o presidente da Central Cresol Sicoper, José Silva, é um importante trabalho em conjunto com as cooperativas. “Nesta primeira etapa percebemos que todas as cooperativas têm boas ideias, iniciativas e sabem o que temos que fazer, assim conseguimos intensificar cada vez mais com atitude para fazer acontecer”, reforça Silva.

Nesta mesma linha, o diretor executivo da Central Cresol Sicoper, Jonas Klein, salienta a importância da presença dos presidentes e diretores das Cooperativas. “Esta atividade demonstra que estamos no caminho certo para executar um bom planejamento e fortalecer nossa unificação, centralidade e marca, desenvolvendo assim campanhas e projetos mais sistêmicos”, afirma Klein.

No próximo encontro, que está previsto para dezembro, será trabalhado a organização sistêmica. Já no terceiro encontro, em março de 2023, o foco será voltado à governança. Para encerrar o ciclo do novo planejamento, em junho do próximo ano, haverá uma atividade de fechamento e encaminhamento das ações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.